Loading...

Blog Alfa e Beto

Como despertar o interesse dos alunos?

A aprendizagem é influenciada por diversos fatores, e o estado emocional e afetivo dos alunos é um desses fatores. A motivação para ampliar os conhecimentos é como um gatilho que impulsiona a aprendizagem e estabelece as condições nas quais ela ocorre. Segundo a literatura acadêmica, um desses fatores – e talvez o mais determinante para o progresso na vida escolar – é o interesse. Despertar o interesse do aluno, seja ele uma criança nos primeiros anos da vida escolar ou um adolescente do Ensino Médio, é a chave para garantir um aprendizado eficaz.

O interesse é uma sensação ou sentimento que origina a tendência para agir em relação a alguma área, evento, atividade ou estímulo. Tipicamente, o interesse é considerado como algo inerente à pessoa. O aluno terá interesse nas coisas que melhoram sua autoimagem e sobre as quais possui algum tipo de controle. Por exemplo, se uma pessoa sente que não sabe dançar muito bem, que é desajeitada, não terá muito interesse em ir a bailes, discotecas ou forrós. Se ninguém incentivá-la, isso será um problema por toda a vida.

Se um aluno sente que não consegue aprender Matemática (frequentemente isso decorre de um erro de percepção da parte do aluno), não somente perderá o interesse, mas, provavelmente, vai desenvolver uma aversão à Matemática. O interesse é uma variável de muita importância nas tarefas escolares e na aprendizagem em geral. Quando as pessoas se interessam por um assunto, tendem a aprendê-lo mais rapidamente e com maior profundidade.

Isso ocorre porque focalizam melhor sua atenção e porque desenvolvem mais elementos nas estruturas mentais existentes no cérebro, com as quais relacionam as novas informações. Basta observar o quanto os alunos sabem a respeito de assuntos que lhes interessam, como no caso de esportes, videogames, redes sociais, música etc.

A falta de interesse dos alunos é uma das principais preocupações de pais, professores e educadores em geral. O papel dos pais no desenvolvimento de interesses é fundamental. Os alunos são muito influenciados por seus pais e, em menor grau, por seus professores, com os quais passam várias horas do dia. O papel do professor é mais direto do que o papel dos pais, porque lhe cabe dirigir a atenção e interesse dos alunos para conteúdos específicos de aprendizagem. Existe uma elevada correlação entre o êxito dos alunos no Ensino Médio e o grau de compromisso real e de interesse expresso dos professores pelas matérias que lecionam.

Quando o professor demonstra interesse e entusiasmo pela matéria que leciona, os alunos aprendem mais. Os temas, as atividades, as competências e os conhecimentos que ajudam o aluno a sentir que é capaz de fazer as coisas, resolver problemas e perceber que pode controlar melhor seu ambiente, sua aprendizagem e seu desempenho acabam tornando-se, de alguma forma, seus temas prediletos.

Quanto mais sucesso obtém, mais interesse o estudante terá nesses temas. Há diversas circunstâncias em que o professor pode influenciar o interesse dos alunos. A principal consiste em descobrir quais são os interesses de suas turmas. Felizmente, isso não é difícil: basta perguntar, observar, escutar. Frequentemente, os professores ficam tão absorvidos em “dar o programa de ensino” que se esquecem de observar os interesses de seus alunos.

Dois passos fundamentais para descobrir os interesses dos alunos

Verificar se aquilo que o aluno estuda é interessante para a vida dele ou se não está muito afastado de seu cotidiano. De outra forma, é possível que a maioria dos alunos vá desinteressar-se ou ficar aborrecida. A escolha dos temas da aula, dos exemplos apresentados, das ilustrações propostas, tudo isso pode ajudar a conectar melhor o que se está aprendendo com elementos típicos da vida cotidiana de um estudante. Para isso, o professor precisa conhecer bem seus alunos e saber propor conexões adequadas.

Reconhecer, estimular e reforçar expressões positivas de interesse por parte dos alunos. Quando um aluno ou um grupo de alunos demonstram interesse num determinado tema, quando se entusiasmam com um exemplo, uma história ou uma leitura, o professor deve elogiá-los, congratulá-los e ajudá-los a conhecer ou aproximar-se de outros temas parecidos. Isso fará com que o interesse não se perca.

As recomendações destacadas neste texto foram extraídas do livro Aprender e Ensinar, publicação recomendada para educadores de todas as etapas de ensino. Para saber mais, acesse Alfa e Beto Soluções.
Educador: quais as estratégias você usa para despertar o interesse de seus alunos? Compartilhe suas experiências com outros educadores usando a ferramenta de comentários deste Blog, localizada abaixo.

*Foto: Agência Brasil

Comente

Uma resposta para “Como despertar o interesse dos alunos?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.