Loading...

Blog Alfa e Beto

Ministro Osmar Terra encerra 1º ciclo de capacitação do Programa Criança Feliz

Em cerimônia realizada no Palácio Iguaçu, com a presença da governadora em exercício, Cida Borghetti e de Halim Antonio Girade, da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Infantil, o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, encerrou o 1º ciclo de capacitação do Programa Criança Feliz, coordenado pelo Instituto Alfa e Beto.

Em sua fala, o ministro reiterou as linhas mestras do Programa Criança Feliz e justificou a escolha da metodologia CDC – Cuidados para o Desenvolvimento da Criança, como eixo central das visitas domiciliares. “Trata-se de um programa já implementado com sucesso em mais de 12 países e amplamente avaliado”.

Ao mencionar as evidências como base para a escolha da metodologia, o ministro também justificou a escolha do Instituto Alfa e Beto como parceiro do MDSA, mencionando o fato de que o Instituto baliza todas as suas ações em evidências rigorosas e documenta o seu sucesso com base em avaliações exigentes.

“Isso ocorre – ressaltou Osmar Terra – não apenas em programas voltados para a Primeira Infância, como o programa Família que Acolhe, implementado em Boa Vista e o programa Nova Semente, em Petrolina, quanto em programas de Alfabetização, como ocorreu no Rio Grande do Sul”.

Depois de ouvir relatórios a respeito do andamento das capacitações, o ministro elogiou o trabalho realizado e encareceu os “multiplicadores” a se engajarem firmemente na implementação do programa, que começará a ser implementado a partir do mês de março. De acordo com o ministro, mais da metade dos municípios já fizeram adesão ao programa e os recursos já estão assegurados para sua continuidade.

Depoimentos:

Para o Educador Social, da Fundação de Ação Social de Curitiba, José Ronaldo de Avelar Jr., as orientações de brincadeiras adequadas por faixa etária ajudam muito na interação – “Eu, particularmente, não aprendi isso nos cursos, e nunca vi um programa que o fizesse. Pude testar as instruções da ficha “conversar e brincar” nos atendimentos e vi que funciona, é real! Atuo com crianças de 6 a 12 anos e vou levar para o meu trabalho a interação como prática diária”.

Angélica Frigo, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos do Governo do Rio Grande do Sul, frisou que “olhar o brincar é muito válido”.
“Você percebe na prática a interação e tem um despertar da importância do vínculo entre o cuidador e a criança. Minha formação não proporcionou isso, não sou mãe, nunca busquei informações sobre o desenvolvimento infantil, e o curso CDC me deu uma noção mais ampla. O legal do programa é levar a Primeira Infância para ser olhada em nível nacional! ” – disse Angélica.

“O método traz muitas coisas que não fazíamos na nossa prática, os elogios. Elogiar as atitudes dos cuidadores significa que você começa a observar como positivas estas atitudes, isso é fundamental para a criação dos vínculos e desenvolvimento das crianças” – finalizou Malvina Gonçalves, da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social.

Conheça a parceria do Instituto Alfa e Beto com o Programa Criança Feliz

O Instituto Alfa e Beto firmou protocolo de parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) para colaborar na execução do Programa Criança Feliz. Essa parceria também conta com o apoio da Fundação Bernard Van Leer.

Na primeira etapa do protocolo, o Instituto Alfa e Beto colaborou na elaboração de documentos técnicos e foi responsável pela capacitação do primeiro grupo de multiplicadores dos Estados no uso da metodologia CDC– Cuidados para o Desenvolvimento da Criança.

A capacitação foi realizada entre os dias 13 e 23 de fevereiro e envolveu três momentos.

No primeiro momento, os multiplicadores participaram como treinandos, no segundo como observadores e, no terceiro, como co-treinadores.

A capacitação foi realizada simultaneamente em sete capitais e envolveu multiplicadores de todos os estados da federação e Distrito Federal.

Em reunião realizada com o presidente do Instituto Alfa e Beto e que também contou com a presença de Halim Girade, o ministro Osmar Terra solicitou sugestões para a continuidade da colaboração do Instituto, especialmente na área de capacitação.

O Instituto também poderá vir a colaborar em outras frentes, especialmente na implementação de um componente de leitura pelos pais (Universidade do Bebê 2 – UBB2) e em alguns aspectos do programa para as grávidas (Universidade do Bebê 1 – UBB1).

Universidade do Bebê

*Foto: Da esquerda para direita – Dr. Halim Girade (Sec. Nac. de Promoção do Desenvolvimento. Humano), presidente do Instituto Alfa e Beto, João Batista Araujo e Oliveira, ministro Osmar Terra, vice-governadora do Paraná, Cida Borgheti e multiplicadores.

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Fique bem informado

Receba novidades do Alfa e Beto no seu e-mail.