Diante da decisão do Supremo, João Batista Oliveira discute a educação domiciliar em entrevista no Jornal da Record News

Em entrevista ao Jornal da Record News, na quinta-feira, dia 13 de setembro, João Batista Araújo Oliveira falou sobre os prós e os contras da educação em casa para crianças. O presidente do Instituto Alfa e Beto aponta que há estudos que mostram que o desempenho, o comportamento social e a integração em sociedade se dão de maneira natural em ambas situações. Por isso, as duas vias (educação em casa ou na escola) são equivalentes e possíveis e, segundo ele, mais de seis milhões de famílias de diferentes países escolheram a educação domiciliar para as crianças.

O Prof. João Batista Oliveira abordou, ainda, a legislação e a regulamentação da educação em casa, que vêm sendo discutidas no Brasil. Ele afirma que “a constituição diz que a educação é dever da família e do Estado”, mas “a decisão do Supremo sugere que a prerrogativa principal é do Estado”. A Constituição não proíbe o homeschooling e, por isso, é direito da família escolher a forma que considera adequada para a educação da criança, como ele aponta. Assim, pela decisão tomada no Supremo, há a possibilidade de a prática ser regulamentada e não proibida no país.

Confira a entrevista na íntegra aqui.

 

Compartilhe este Artigo

Se você gostou desse artigo, por favor, tome um segundo para compartilhá-lo.