O que sabemos a respeito do que funciona em educação? Como sabemos o que sabemos?

Celebrando o lançamento do livro Educação Baseada em Evidências: Como saber o que funciona em educação*, o Instituto Alfa e Beto realizou seu IX Seminário Internacional, que debateu à luz das evidências científicas disponíveis questões que fazem parte do debate educacional atual.

Quão importantes são os fatores familiares para explicar o desempenho dos alunos? Estabelecer sanções para escolas com baixo desempenho contribui para melhorar os resultados? Como formar professores e diretores eficazes? Qual o papel dos incentivos para melhorar o desempenho dos professores? Qual modelo pedagógico é mais apropriado?

Esses tipos de pergunta normalmente são feitos por pessoas diferentes, respondendo a motivações ou problemas diferentes e dependem do nível de responsabilidade de cada um. Mas são essas as perguntas relacionadas com decisões tomadas por legisladores e autoridades educacionais nos diversos níveis, desde o Ministro da Educação até o professor na sala de aula, ao pai que escolhe ou não a escola onde vai matricular o seu filho. São perguntas que devem ser objeto de debate permanente entre os pesquisadores, estudiosos do tema e são de interesse do setor produtivo, da população que investe na educação e paga pela educação de seus filhos que se tornam a futura força de trabalho de um país.

Todas essas perguntas têm respostas. Para todas elas há evidências e ponderações científicas que devem ser levadas em conta pelos que tomam decisões que afetam a vida dos alunos.

É disso que tratou o IX Seminário Internacional do Instituto Alfa e Beto, realizado em Brasília no dia 4 de novembro. O objetivo foi ilustrar como os pesquisadores formulam suas perguntas, obtêm e analisam os dados e chegam às suas conclusões – sempre provisórias e cercadas de cautelas.

Durante o IX Seminário Internacional, o Instituto Alfa e Beto também apresentou sua nova iniciativa, o IDados, uma divisão do Instituto que trará periodicamente boletins e notas técnicas com análises exclusivas sobre diversos assuntos da educação brasileira. O objetivo da empreitada é trazer ao público – tanto pesquisadores como interessados em geral – um olhar mais acurado dos dados disponibilizados hoje por diferentes fontes. A análise de estreia trazida por IDados foi a respeito do IDEB, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

Leia abaixo a publicação Educação Baseada em Evidências: Como saber o que funciona em educação. Para fazer o download completo, clique aqui.