João Batista Oliveira comenta em vídeo como pais e professores podem estimular a fluência de leitura das crianças

707
alfabetização

No terceiro e último vídeo da série sobre “Fluência de Leitura”, o professor João Batista Oliveira, presidente do Instituto Alfa e Beto, comenta o que as escolas, os pais e os professores podem fazer para melhorar a fluência de leitura dos alunos.

De acordo com o especialista, a principal função da escola deve ser ensinar a ler: “A escola deve servir para ensinar a ler os livros, ler o mundo, interpretar ambientes. Então, um ambiente acadêmico em que o professor e o diretor falam de livros é muito importante. O objetivo da escola precisa girar em torno disso: da aquisição de conhecimento por meio da leitura”, diz.

Para que a alfabetização seja considerada satisfatória, o aluno precisa encerrar o 1º ano lendo de 60 a 80 palavras por minuto. Além disso, o número de erros ao ler não pode passar de 10% das palavras.

O desenvolvimento da fluência de leitura pode ser estimulado pelos pais em casa lendo com os filhos. “Os pais devem ler junto com a criança e brincar com as palavras. Devem ouvir a leitura do filho e estimular a leitura pelo exemplo. Pais que sempre leem, que falam sobre o que estão lendo, seja um livro, seja um jornal, estão criando um ambiente de leitura dentro de casa. Isso deve acontecer desde o berço, porque a criança vai associar a leitura com o prazer. Dessa forma, ela terá mais facilmente o hábito de ler no futuro”, avalia o professor.

Assista o vídeo completo aqui.

Assista aqui ao primeiro e ao segundo vídeo da série.