Secretaria de Educação do município de Roteiro (AL) adota medidas para enfrentar o fechamento temporário das escolas devido à pandemia de covid-19

Parceira do Instituto Alfa e Beto desde o começo deste ano, cidade está utilizando ferramentas tecnológicas e entregando exercícios e atividades baseados nos livros didáticos do Instituto na casa dos alunos para manter a rotina de estudos e o vínculo entre escola e família.

844
roteiro alagoas

O município de Roteiro (AL), por meio de sua Secretaria Municipal de Educação, adotou uma série de medidas para enfrentar as consequências do fechamento das escolas por tempo indeterminado devido à pandemia de covid-19. Parceira do Instituto Alfa e Beto desde o início deste ano, a cidade está utilizando ferramentas tecnológicas como videoaulas e entregando na casa dos alunos atividades e exercícios baseados em livros didáticos do instituto, como o “Grafismo e Caligrafia” e o “Meu Livro de Atividades”.

Para viabilizar o ensino remoto, o município também está oferecendo cursos de formação para os professores se prepararem para utilizar as novas tecnologias necessárias. Elma Regina dos Santos, Secretária de Educação da cidade, diz que a cidade de Roteiro está mobilizada para manter o aprendizado das crianças:

“O principal objetivo é minimizar as perdas para os alunos. Não é só a aprendizagem que corre risco, mas a perda do vínculo emocional com os alunos e com as famílias. Para isso, cada escola criou um plano individual, e o resultado tem sido favorável”, explica.

Localizada no Litoral Sul Alagoano, a cidade de Roteiro tem enfrentado o desafio durante a pandemia de proporcionar ensino remoto e levar materiais para os alunos que moram nas localidades mais afastadas. A coordenadora pedagógica Érika Helena dos Santos Lima conta que as atividades são entregues para os alunos sem internet em casa:

“Um carro de som sai pelas ruas de toda a cidade divulgando o dia em que os pais poderão comparecer à escola para pegar os materiais. Assim, também evitamos aglomeração. Os livros mantêm a motivação dos alunos em casa”, explica a coordenadora.

Já Maria Graciete Lopes da Silva, coordenadora pedagógica no Grupo Escolar Doutor Pedro Duarte, explica que as ferramentas tecnológicas têm sido essenciais: “O trabalho está sendo feito por meio de grupos de WhatsApp, com atividades e exercícios. A tecnologia mantém fortalecido o vínculo entre famílias, alunos e escolas. A afetividade é muito importante. Amor não pode faltar, mesmo à distância”, recomenda a coordenadora.

roteiro alagoas