Bom Jesus (PI) realiza avaliação diagnóstica dos alunos do 2° ao 5° ano e do 9° ano do Ensino Fundamental

406

Em parceria com o Instituto Alfa e Beto, o município de Bom Jesus (PI) realizou esta semana (entre os dias 16 de 20 de agosto) a avaliação diagnóstica de mais de 2 mil alunos do 2º ao 5º ano e também do 9º ano do Ensino Fundamental. Participaram da ação 15 escolas da rede municipal.

O objetivo dos testes é verificar o nível de aprendizagem dos alunos em Língua Portuguesa e Matemática após o período de interrupção das aulas presenciais em função da pandemia de covid-19. A avaliação tem como referência a BNCC – Base Nacional Comum Curricular.

Planejamento com base nos resultados

Segundo Nayana Amorim, gerente pedagógica da Secretaria Municipal de Bom Jesus, as avaliações vão possibilitar que as escolas se preparem para o retorno às atividades normais e verifiquem o que os alunos realmente aprenderam durante o ensino remoto.

João Batista Oliveira explica a importância da avaliação diagnóstica no contexto da volta às aulas

“De posse dos resultados, vamos fazer um mapeamento dos conhecimentos e habilidades consolidados nos alunos, além de identificar lacunas no aprendizado para traçar um planejamento adequado às necessidades de cada estudante”, diz.

Parceria com o Instituto Alfa e Beto desde 2015

Todo o processo de impressão, distribuição e correção dos testes usados nas avaliações diagnósticas é realizado pelo Instituto Alfa e Beto de maneira rápida e simplificada. Os resultados são entregues à Secretaria em cerca de uma semana. Após a entrega dos resultados, o Instituto Alfa e Beto também pode propor intervenções com o objetivo de redirecionar o trabalho e minimizar prejuízos.

Município de Cachoeirinha (RS) realiza avaliação diagnóstica desenvolvida pelo Instituto Alfa e Beto em cerca de 2 mil alunos do 1º e 2º anos

Distante 634 km da capital Teresina e com cerca de 25 mil habitantes, o município de Bom Jesus é parceiro do Instituto Alfa e Beto desde 2015. A cidade adotou os programas Alfa e Beto de Alfabetização, Ensino Estruturado de Língua Portuguesa e Matemática, e Aceleração de Aprendizagem.

Nos seis anos de parceria com o Instituto Alfa e Beto, Bom Jesus registrou avanços significativos na área de educação. No período entre 2015 e 2019, houve um crescimento de 46,6% nas notas de Matemática e de 47,5% em Língua Portuguesa no 5° ano na Prova Brasil (Neste mesmo período, para efeitos de comparação, o crescimento das notas do Brasil foram de 8,5% em Matemática e de 10,2% em Língua Portuguesa). Hoje, o município ocupa a primeira posição no IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica dentre as 224 cidades do Piauí.

Boa Vista (RR) e outras cidades aplicam testes para avaliar nível de conhecimentos dos alunos após mais de um ano de interrupção das aulas presenciais