Questionando a educação

Novo livro de Ronai Rocha é leitura obrigatória para todos que se dedicam ao ofício de educar

182
Educação

Depois de nos brindar com reflexões rigorosas em Quando Ninguém Educa e Escola Partida, Ronai Rocha produz, como grande professor que é, uma obra-prima intitulada Filosofia da Educação (Editora Contexto, 2022).

O livro se destina a estudantes de licenciaturas, mas certamente será degustado com proveito e prazer por todos que militam na área da educação. É um livro ao mesmo tempo didático, rigoroso, profundo, erudito, instigante e agradável de ler. Obra de mestre.

O livro percorre com sabor e rigor os temas e conceitos fundamentais da disciplina: a pedagogia, a didática, a escola, o currículo e as relações entre educação e política. Não foge das questões polêmicas – ao contrário, fornece instrumentos conceituais para o leitor aprender a enfrentá-las com segurança e rigor.

A linguagem é acessível – tanto quanto pode ser um livro de nível universitário de filosofia. No processo de elaboração e revisão do livro, o autor testou as águas e concluiu que há um público razoável não apenas interessado, mas capaz de usufruir com proveito da obra.

Os temas são expostos com clareza.

Reflexões instigantes ao final de cada capítulo indicam ao leitor que o tema não se esgotou, e pode ser aprofundado a partir de diferentes perspectivas: a filosofia nunca tem respostas definitivas, mas aporta referências e chaves para interpretar a realidade.

Este livro coloca nas mãos dos educadores e de seus mestres material de altas densidade e voltagem sobre temas ao mesmo tempo centrais e controversos, apresentados de forma límpida. Sem dúvida, um instrumento robusto e capaz de propiciar a reflexão e equipar nossos futuros professores para engajar o debate qualificado e permanente de que tanto carecemos.

Leitura obrigatória para todos que se propõe ao mister de educar.

Texto originalmente publicado no blog Educação em Evidência (Veja) do professor João Batista Oliveira.