Nota Técnica 003 – A ilusão causada pelo Ideb: o caso de Sergipe na Prova Brasil 2021

O documento apresenta um alerta sobre as notas e as análises da Prova Brasil 2021

129
evidências

O professor João Batista Oliveira, presidente do Instituto Alfa e Beto, publicou a nota técnica “A ilusão causada pelo Ideb: o caso de Sergipe na Prova Brasil 2021”. O documento apresenta conjuntos de evidências que ajudam a compreender que é possível melhorar o Ideb mesmo diante da piora das notas. Desse modo, o Ideb pode causar interpretações que não contribuem para alavancar a qualidade da educação.

O especialista afirma que o Ideb é um índice que combina taxas de aprovação com notas nas provas. E complementa: “como houve aprovação automática ao longo de dois anos seguidos, seria natural esperar que o aumento do Ideb não refletisse aumento das notas.”

Para exemplificar esta nota técnica (NT), o professor escolheu Sergipe, porque o Governo do Estado divulgou uma nota oficial comemorando o aumento elevado das notas do Ideb. Mas não há nada para comemorar, pelo contrário.

Apesar de ter sido uma das UFs que mais aumentou o Ideb, o Sergipe apresentou uma forte queda nas notas da Prova Brasil.

A Prova Brasil de 2021 é um marco na história da educação brasileira, pois houve uma queda generalizada e significativa no desempenho dos alunos. Essa queda, possivelmente, é ainda maior do que o indicado na avaliação, dado o elevado índice de alunos que não compareceram ao exame.

Os dados apresentados nesta NT mostram ainda que os alunos de 2021 sabem menos do que os alunos da mesma série sabiam em 2019 e que os alunos de 2021 atingiram um nível de notas que já havia sido obtido em 2015, em Matemática e em 2013, em Língua Portuguesa. Esse é o indicador do atraso escolar.

Assim, João Batista Oliveira pontua que o indicador Ideb cria uma ilusão, uma vez que é possível melhorar no Ideb e piorar na Prova Brasil. E afirma que “a função da avaliação é prover informações úteis para tomar decisões, e que a avaliação da Prova Brasil de 2021 é um sinal de alarme para todos os municípios e unidades da federação”.

E conclui que é preciso que o Governo Federal e o Inep revejam o Ideb “dado que ele parece se prestar a interpretações que em nada contribuem para melhorar a qualidade da educação”.

Clique a seguir e acesse a nota técnica A ilusão causada pelo Ideb: o caso de Sergipe na Prova Brasil 2021