Loading...

Blog

Educação: 6 passos para um relacionamento positivo entre pais e escola

Descubra aqui como a escola pode ajudar para que a relação entre pais, professores, diretores e coordenadores pedagógicos seja positiva e produtiva.

Frequentemente, os pais são vistos com suspeição pela escola, são responsabilizados pelo fracasso do aluno e chamados à escola para ouvir queixas e reclamações sobre o comportamento. No entanto, estudos registram que de modo geral os pais têm a escola em alta estima, respeitam os professores e se declaram interessados e dispostos a ajudar os filhos.

A educação das crianças só é eficaz se há colaboração entre a família e a escola. O estabelecimento de um relacionamento saudável entre pais, escolas e professores supõe uma escola que:

  • Tem um diretor que conhece as famílias, dá notícia da vida escolar dos filhos e está disposto a ouvir e acolher.
  • Possui um programa de ensino escrito e apresentado numa forma e numa linguagem inteligível, permitindo que os pais saibam o que será ensinado a cada série e período letivo.
  • Possui um regimento interno elaborado em entendimento com os pais que serve de base para a discussão de normas, regras e demais direitos e deveres de professores, alunos e pais.
  • Informa os pais periodicamente do processo dos filhos em relação a si próprios, do andamento da turma e das expectativas da escola em relação ao aluno.
  • Providencia e articula com os pais programas preventivos e de recuperação.
  • Reúne-se periodicamente com os pais para ouvi-los, informa-los e, quando necessário, proporcionar e compartilhar instrumentos que lhes permitam melhor desempenhar sua função de pais no trabalho de acompanhamento da vida escolar dos filhos.

Texto baseado no livro “ABC do Alfabetizador”, escrito por João Batista Oliveira, presidente do Instituto Alfa e Beto.

Comente

Deixe uma resposta



Fique bem informado

Receba novidades do Alfa e Beto no seu e-mail.