João Batista Oliveira comenta sobre o Fundeb em matéria no jornal Opção (TO)

O especialista afirmou que “o Fundeb reduziu desigualdades nos municípios, mas não melhorou eficiência do ensino. A qualidade ainda é muito ruim, embora os recursos tenham aumentado”.

Interessado nos rumos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) e na questão do financiamento da educação, o presidente do Instituto Alfa e Beto, João Batista Oliveira, debateu sobre o assunto na matéria “Fundo que financia a educação termina em 2020 e Congresso prepara mudanças”, publicada no último domingo, dia 04 de agosto, no Jornal Opção, de Tocantins.

Leia também: A que os próximos governantes e parlamentares eleitos devem se dedicar na área de educação?

Na reportagem, João Batista faz ressalvas quanto a eficácia do Fundeb, pois apesar do fundo ter diminuído desigualdades nos municípios, ele não contribuiu de forma significativa para a melhoria do ensino. Segundo o especialista, aumentar o recurso não fará necessariamente com que a qualidade do ensino seja maior.

Leia o artigo completo aqui ou abaixo:

Compartilhe este Artigo

Se você gostou desse artigo, por favor, tome um segundo para compartilhá-lo.