ChatGPT e o papel na escola

Inovações como o Chat GTP nos obrigam a responder: o que vale a pena ensinar?

689
ChatGPT e o papel na escola

Em artigo publicado no Valor Econômico em 24 de fevereiro de 2023, o professor João Batista Araujo e Oliveira aponta que no mundo – e no Brasil – educadores nos diferentes níveis de ensino estão inquietos com o ChatGPT.

A inteligência artificial veio para ficar. “Dado o que o ChatGPT pode fazer – e poderá mais no futuro -, qual é o papel da escola? O que muda? O que resta para a escola ensinar?”, questiona o professor no texto.

Inovações como o Chat GTP nos obrigam a responder: o que vale a pena ensinar? E a resposta, de acordo com o professor, se encontra na pergunta feita por Edward Thorndike – um dos gigantes da psicologia científica – há 100 anos: qual conhecimento ajuda a obter mais conhecimento? do que aprendemos, o que transfere para novas aprendizagens?

Para responder a essa pergunta os psicólogos usam o termo “transferência de aprendizagem”.

“As tecnologias educacionais e novas ideias e desafios como os apresentados pelo ChatGPT serão úteis no Brasil se estimularem as autoridades e especialistas a olhar para as questões críticas que afligem a educação nacional”, afirma o professor.

Leia a íntegra aqui:  “ChatGPT e o futuro da educação”.