A compreensão da leitura ocorre antes mesmo da alfabetização

3753

Introdução

Imagine um bebê cujos pais, cuidadores e educadores leem para ele todos os dias. Ao ingressar na escola formal aos seis anos, é provável que ele não se lembre dos livros que ouviu quando era pequeno. No entanto, essas experiências terão impactado positivamente seu cérebro. Ele guardará “recordações” por toda a sua vida escolar.

Impacto da Leitura na Primeira Infância

Essas recordações se refletirão em um vocabulário mais amplo e em uma maior facilidade para compreender a leitura após a alfabetização. De acordo com Roger Beard, pesquisador e professor da Universidade de Londres, mesmo quando as crianças não conseguem ler, elas podem acompanhar histórias lidas ou contadas por um professor ou pelos pais. Segundo o especialista, é possível promover a compreensão de leitura desde cedo, encorajando a previsão e a antecipação de fatos para que a criança compreenda os significados subjacentes.

Evento Futuro e Entrevista com Roger Beard

Beard visitará o Brasil em agosto a convite do Instituto Alfa e Beto para o VIII Seminário Internacional. O evento está agendado para os dias 13 e 14 no Rio de Janeiro e abordará, entre outros temas, o ensino da compreensão da leitura, da gramática e da escrita. Uma entrevista com ele sobre os temas do Seminário está sendo publicada em partes neste espaço. Você pode conferir a segunda parte a seguir (a primeira parte está disponível aqui).

Estratégias para Ensinar Compreensão de Leitura

Existem estratégias ou técnicas comprovadas para ensinar compreensão de leitura? Há alguma que se mostrou ineficaz? Sim, existem práticas eficazes para ensinar compreensão de leitura, assim como práticas que se mostraram ineficientes. Conforme pesquisas recentes, as práticas mais ineficientes se resumem a exercícios tradicionais de compreensão. Nessas práticas, as crianças recebem um texto e simplesmente respondem a perguntas após a leitura. Estudos demonstram que é possível responder a uma pergunta sem compreender completamente o texto, transformando a pergunta em uma espécie de afirmação.

Práticas Eficazes e Pesquisa

As estratégias mais eficientes para incentivar a compreensão são aquelas que auxiliam as crianças a criar módulos mentais do texto em suas cabeças. Isso remete a uma pesquisa conduzida no Reino Unido pela professora Jane Oakhill, da Universidade de Sussex. A pesquisa identificou três principais áreas de dificuldade.