Instituto Alfa e Beto lança plataforma inovadora de dados sobre educação no Brasil

O Instituto Alfa e Beto lança, em 4 de novembro, em Brasília, na nona edição do Seminário Internacional do Instituto, uma iniciativa inovadora no Brasil: a plataforma IDados, que fornecerá dados, estatísticas e informações sobre a educação no país. No Seminário, serão anunciadas as parcerias do IDados com o IESE Business School, da Espanha, e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI).

Com a junção das três dimensões – acadêmica, empresarial e industrial – o IDados se estabelece com o objetivo de produzir análises diferenciadas, com cruzamento de informações. Com isso, será possível obter um melhor entendimento da realidade da educação no Brasil, com um olhar sobre o cenário macroeconômico, e viabilizar novas soluções para ampliar a qualificação profissional, desde os anos iniciais, e alavancar a competitividade e a produtividade no país.

O IDados é um think tank* focado na área de educação e uma nova unidade de negócio do IAB, fruto da atividade e conhecimento acumulados nos dez anos de existência do Instituto, com ampla experiência em campo, acesso a dados e aprendizagens práticas, alinhadas ao conceito de educação baseada em evidências.

De acordo com Paulo Rocha e Oliveira, presidente do iDados, a principal área de interesse será a relação entre educação e a produtividade e a competitividade das empresas brasileiras. Dentro dessa área, há temas de interesse como o perfil educacional da mão de obra no Brasil; os descompassos entre oferta e demanda de mão de obra qualificada; o perfil dos salários em função de tempo, tipo de formação e setor; além do investimento em formação pelos indivíduos, entre outros.

Uma segunda área de atuação inclui temas, avaliações e indicadores relevantes da educação no Brasil como ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), Prova Brasil, Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), fluxo escolar, Enade (Exame Nacional de Financiamento de Estudantes), financiamento da educação, transporte escolar, creche e pré-escola, bem como federalismo e municipalização, carreira dos professores, acesso e transição para o ensino superior, atitudes dos jovens com respeito à educação e a formação para o mercado de trabalho.

Segundo Oliveira, “as atividades do IDados darão mais visibilidade à evidencia sobre a educação no Brasil, a partir do momento em que o público terá mais conhecimento sobre a realidade do setor no país, estreitando os laços entre o público do IAB, a comunidade acadêmica e a sociedade como um todo, com a oportunidade de pensar em soluções”. O Idados também subsidiará instituições de ensino e órgãos públicos com a consultoria em temas da educação em todos os âmbitos – municipal, estadual e federal, apoiando-as na tomada de decisão e no monitoramento do desempenho dos alunos.

O IDados promoverá atividades como o Boletim da Educação, com periodicidade mensal, acessível ao público em geral. O primeiro número, que será lançado no seminário em novembro, terá como tema o Ideb. Haverá, também, um blog atualizado semanalmente, com base nos temas do Boletim, bem como pesquisas acadêmicas periódicas produzidas no Brasil e com os parceiros internacionais. Por meio do IDados, também serão organizados eventos de apoio acadêmico ao IAB, além do apoio a jornalistas interessados na divulgação de dados sobre educação no Brasil.

Parcerias internacionais
O Instituto Alfa e Beto trará para o IDados as parcerias acadêmicas já firmadas com instituições nos Estados Unidos, Chile, Europa e Índia, para contribuir na produção de análises sustentadas por metodologia acadêmica e científica. No primeiro ano, o destaque está no acordo de colaboração com o IESE Business School (Instituto de Estudios Superiores de La Empresa), instituição espanhola especializada em gestão e negócios vinculada à Universidade de Navarra – e que figura entre os dez melhores cursos de MBA do mundo, de acordo com o Global MBA Ranking 2015 do Financial Times.

“O IAB tem um acordo de colaboração científica com o IESE para estudar o impacto da educação na produtividade e competitividade das empresas brasileiras, que se estenderá para o Idados”, diz Oliveira, que também desempenha função de Senior Lecturer no IESE Business School-Barcelona, e no IDados, gerencia uma equipe multidisciplinar, com profissionais com forte foco na análise de dados quantitativos, em áreas como economia, estatística, inteligência artificial, engenharia, e pesquisa operacional.

Nota: *Os think tanks são instituições que atuam no campo da produção e difusão de conhecimento sobre assuntos estratégicos, para influenciar transformações sociais, políticas ou econômicas.

IX Seminário Internacional do IAB
Além da apresentação do IDados e do anúncio oficial das parcerias com IESE e ABDI, o IX Seminário Internacional do IAB marca o lançamento do livro Educação Baseada em Evidências: Como saber o que funciona em Educação. Com autoria de João Batista Araujo e Oliveira, presidente do Instituto Alfa e Beto, em parceria com Micheline Christophe, Gregory Elacqua e Matias Martinez, a obra relata uma revisão das evidências científicas acumuladas a respeito de alguns dos tópicos mais importantes para se entender, pensar e melhorar a educação, a partir de pesquisas realizadas em diferentes países. Assim, é possível ilustrar como os pesquisadores formulam suas perguntas, obtêm e analisam os dados e chegam às conclusões – sempre com observações e pontos de evolução. O prefácio do livro é de Cláudia Costin, atual diretora global de Educação do Banco Mundial, especialista em políticas públicas e um extenso currículo em empresas privadas e secretarias de governo – sob sua liderança, a aprendizagem medida pelo Ideb, dos anos finais, aumentou em 22%.

IX Seminário Internacional do Instituto Alfa e Beto
Data: 4 de novembro
Local:ABDI, em Brasília
Horário: Das 17h às 19h

Compartilhe este Artigo

Se você gostou desse artigo, por favor, tome um segundo para compartilhá-lo.