Pesquisa confirma eficácia do método fônico na alfabetização

Crianças podem e devem ser alfabetizadas no primeiro ano do ensino fundamental, segundo pesquisa feita pelo Instituto Idados.

205

O Instituto IDados conduziu uma avaliação de impacto sobre um programa de alfabetização destinado aos alunos do 1° ano do Ensino Fundamental na rede municipal do Rio de Janeiro. Um total de 586 alunos de 32 escolas participou dessa avaliação.

A avaliação incluiu estudantes com idades entre 6 e 7 anos (com uma média de 6,4 anos), com a análise de variáveis como faixa etária, sexo, raça e status de beneficiários do Programa Bolsa Família. Os testes confirmaram a eficácia do método fônico e do ensino estruturado no processo de alfabetização.

Os estudantes que adotaram essa abordagem demonstraram resultados mais eficientes e rápidos. O estudo fortalece a argumentação de que as crianças podem e devem ser alfabetizadas já no 1º ano do Ensino Fundamental.

Confira a nota técnica sobre o tema escrita pelo professor João Batista Oliveira, presidente do Instituto Alfa e Beto, através do link.

Equipe Instituto Alfa e Beto